"Tchá por Deus o que que é esse AGORA VÔTE" - expressão de grande surpresa em cuiabanês



Instagram

sábado, 24 de dezembro de 2011

Dica de estudo

Feliz Natal pra você que tem que decorar mais de 200 códigos de aeroportos e suas respectivas cidades.

Tá pu-xa-do.

E não é tudo fácil como GRU = Guarulhos.
Entre os 200 existem um monte de aeroportos que o código não tem nenhuma ligação com o nome da cidade.
Por exemplo:

RSW = Fort Myers, FL
VPS = Fort. Walton Beach, FL
OGG = Maui, HI
BQN = Aguadilla, Puerto Rico
YQM = Moncton, Canada
TXL = Berlin, Germany

E como é que eu vou fazer pra decorar esses códigos todos.

Bom, pra mim o sistema que funciona é de flash cards. Você cria cartões com as perguntas e respostas e estuda como se fosse um jogo onde o objetivo é acertar o que está do outro lado.

Existe um site bem legalzinho que cria os cartões pra você.

http://www.kitzkikz.com/flashcards/

Essa técnica funciona pra tudo que é decoreba. Fica a dica.



quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Feliz Natal!


Do fundo do meu coracao.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Cuiabana ta sofrendo

E o inverno chegou de vez. Não adianta mais fugir. Daqui até março é só frio. Não nasci pra inverno. Alguém me leva pro Brasil que eu vou (só de férias).

domingo, 4 de dezembro de 2011

De volta ao ares?

Pelo que parece eu devo voltar a usar uniforme em breve.

sábado, 26 de novembro de 2011

Black Friday

cartoonaday.com

Ok, Essa semana foi Thanksgiving, ou como se diria em português, Dia de Ação de Graças. Não vou me ocupar explicando toda a história do Thanksgiving pois já deve ter uma pancada de blogs a essa altura explicando sobre os jantares que tiveram, yarayarayara...

Eu vou me abter disso e contar um pouco sobre o que acontece depois do jantar de Thanksgiving. Depois de darem graças ao bom ano, compartilharem o pão com a família e amigos, cortarem o peru e comerem a pecan pie. Eu quero contar sobre o evento que acontece depois de todas maravilhosas demonstrações de amor. Um evento que une e mobiliza o povo americano como nenhum outro: a Black Friday!

Bom, pra quem ainda não ouviu falar, Black Friday é o dia depois do Thanksgiving onde grandes lojas americanas oferecem os maiores descontos durante o ano. Onde o pobre pode realizar o seu sonho de ter uma TV tela plana por U$150 ou um "naitebruique" por U$170. Mas é claro que nada disso é dado fácil assim. Não é porque é nos EUA que a vida do pobre melhora ou facilita. As lojas mais procuradas costumam abrir as suas portas a meia-noite e as filas começam a se formar bem cedo. Lojas de eletrônicos  e de departamentos então vêem pessoas acampando uma semana antes, já que as unidades dos "naitebruiques" são limitadas.

E esse ano eu não quebrei a tradição e onze da noite já estava lá no outlet mall pronta pra sair no tapa por uma vaga de estacionamento ou por uma bolsa se preciso fosse. Pensa em um shopping center no dia 24 de Dezembro. Agora você dobra o movimento. Black Friday é assim. É fila pra entrar em loja, fila pra pagar, fila pro banheiro, fila pra comprar café, frio de matar, gente se esbarrando com mais sacolas do que conseguem carregar. Muita gente vai uma vez e diz que nunca mais se sujeita a passar por isso.
Mas como eu dizia anteriormente, esse é um evento que une o povo americano como nenhum outro.
E o que o povo fez poucas houras depois da oração, de dividir o pão e agradecer? Saiu pra praticar um pouco de amor ao próximo.

Dica, pula lá pros 1:15 do vídeo.



O que tinha nessa caixa?
Câmeras Kodak (Porra! Se ainda fosse Nikon...) e cartões de memória de 4GB.

Mais uma, dessa vez a briga é por toalhas.



Ah, não posso me esquecer também da malandra que jogou spray de pimenta pra tentar ter uma vantagem na luta por um Xbox. Isso que é mãe!

E da outra que bateu na cara de um bebê de dois anos no Walmart e que depois tomou uma surra da mãe do bebê. Isso-que-é-mãe!!!


Enquanto eu tiver que ir só ao outlet mall eu não ligo, o povo é mais civilizado. Meu tempo é dinheiro e se ficar na fila por uma meia-hora significa 70% de desconto no caixa... já estou lá!


sábado, 19 de novembro de 2011

Quatro anos depois.

Por acaso achei no meu e-mail esse questionário que a Vanessa me enviou e eu respondi em 2007. Nossa, como as coisas mudaram. Como minha vida mudou. Quanta coisa já passou.
Resolvi responder novamente só pra comparar como quatro anos fizeram muita diferença.
Vale revisão?
Vale responder você também.


1. What time did you get up this morning? 
Acordo todo dia às 7:00, mas se pudesse... acordaria só às 11:00!
Acordo todo dia as 6:00, mas se pudesse...acordaria só `as 11:00


2. Diamonds or pearls?
"Diamonds are a girls best friends"
 Diamonds and pearls.

3. What was the last film you saw at the cinema? 
Não me lembro... tenho assitido só filmes em casa.
Aprendi que odeio ir ao cinema e nem me lembro quando fui a última vez. Adoro assistir filme em casa.

4. What is your favorite TV show? 
Simpsons
Todas as franquias de "The Real Housewives". Bem trash tv mesmo. Adoro barraco!

5. What do you usually have for breakfast?  
Um pão francês (isso é sagrado) e um copo de Molico.
Bagel thins com uma wedge the light cream cheese, folhas de espinafre, duas fatias finas de peito de peru e uma clara de ovo. Todo santo dia!


7. What is your middle name?   
Gomes
Figueiredo

8. What food do you dislike?   
Maxixe
Continuo odiando maxixe

9. What is your favorite CD at the moment?  
The Beatles - Revolver
James Blunt - Some Kind of Trouble

10. What kind of car do you drive?   
No momento, o que estiver a mão, hehehe mas vamos resolver isso em breve.
O do marido, to sem carro agora

11. Favorite sandwich?
Pão, rúcula e queijo.
Se é pra enfiar o pé na jaca, me dá um Whataburger (só no Texas)

12. What characteristic do you despise?    
Mentiras.
Desonestidade

13.  Favorite item of clothing?   
Vestido.
Vestido.

14. If you could go anywhere in the world on vacation, where would you go? 
México  ou Alemanha
Vietnan

15. What color is your bathroom?  
Branco.
Bege.

16. Favorite brand of clothing?  
Não tenho.
Black House White Market.

17. Where would you retire to?   
Ainda é cedo para pensar nisso.
Ainda é cedo para pensar nisso?

18. What was your most recent memorable birthday?  
De vinte anos. Não comi o bolo, fugi da festa antes, hehehe
Meu último. Não teve nenhuma festa grande, mas pequenas demonstrações de carinho que me fizeram sentirmuito abençoada com o marido e os amigos que eu tenho.

19. Favorite sport to watch?  
Vôlei
Futebol

20. Furthest place you are sending this?  
EUA, pra Vanessa de volta, e talvez pra Espanha também.
Você é que me diz? Onde você está?

21. Who do you least expect to send this back to you?  
Ana Carolina.
Andressa, se é que ela ainda passa por aqui.

22. Person you expect to send it back first?   
Ana Carolina, hehehe.
Ana Carolina

23. Favorite saying?  
"Fala sério".
"Oh well"

24. When is your birthday? 
28 de outubro.
Algumas coisas nunca mudam.

25. Are you a morning person or a night person?  
Noite, com toda certeza.
Já disse que algumas coisas nunca mudam?

26. What is your shoe size?    
BRA 37
US 7,5 - 8

27. Pets?  
Gatos: Estevão, Blackout, Cândido e Chantilly.
Cachorro: Lessie e seu 4 filhotinhos. 
A paixão da minha vida: Neguinha.

28. Any new and exciting news you'd like to share with us?  
Nenhuma :x
Ahn... Nenhuma  :/

29. As a child, what did you want to be when you grew up:  
Professora eu acho.

30. How are you today?   
Com sono e frio.
Gorda e descabelada.

31. What is your favorite candy?  
Chocolate
Não gosto mais muito de doces, mas me manda um bolo que eu devoro.

32. What is your favorite flower?
Lírios (liz)
Lírios

33. What is a day on the calendar you are looking forward to?
Julho, vou ver meu babe. 
Próxima quinta-feira, Dia de Ação de Graças. É feriado!
34. What church do you attend? 
Católica.
Nenhuma

33. What is your full name?
Priscila Ferreira Gomes de Figueiredo.
Priscila Figueiredo Quach

34. What are you listening to right now?  
Beatles
Nada

35. What was the last thing you ate? 
Pernil
Arroz jambalaya e feijão preto.

36. Do you wish on stars?  
Não.
Não. I wish on airplanes.

37. If you were a crayon, what color would you be?  
Azul.
Azul.

38. How is the weather right now?   
Friooooo.
Maravilhoso, nem frio nem quente. Coisa rara no Texas.

39. Last person you spoke to on the phone?   
Uma jornalista pedindo informações
Uma amiga libanesa.

40. Do you like the person who sent this to you?    
Uma amiga super querida que ainda não conheço pessoalmente. Será esse o ano??
 Uma amiga super querida que só conheci pessoalmente esse ano.

41. Favorite soft drink?   
Suco de melancia.
Tapioca tea.

42. Favorite restaurant?   
Comida mineira
Spicy Sezchuan

43. Hair color? 
Castanho
Castanho.

44. Siblings?   
4. 3 homens e 1 mulher.

45. Favorite day of the year?  
Meu aniversário
Meu aniversário e meu aniversário de casamento. Mesmo dia.

46. What was your favorite toy as a child?  
Moranguinho

47. Summer or winter? 
Inverno
Outono

48. Hugs or kisses?
Abraços
Abraços

49. Chocolate or Vanilla?   
Chocolate.
Baunilha

50. Do you want your friends to email you back?  
Sim
Convidadas a fazer o mesmo no blog de vocês.

51. When was the last time you cried?  
Há dois dias. Dor de saudades.
Há duas semanas. Dor de saudades.

52. What is under your bed?  
Algum dos gatos, hehehe
Não existe "embaixo" na minha cama.

53. Who is the friend you have had the longest?
Sheila.

54. What is your favorite smell?
Um perfume...

O mesmo perfume, que o chinês se recusa a usar novamente.

56. WHAT ARE YOU AFRAID OF?
Prefiro não pensar nisso.
Desta economia.

57. Plain, buttered, or salted Popcorn?   
Amanteigada.
Amanteigada.

58. How many keys on your key ring?   
2.
3.

59. How many years at your current job?  
Nem um ano ainda, 4 meses.
Nem um ano ainda, 2 meses.

60. Favorite day of the week?
Sábado!.
Sexta.

61. How many towns have you lived in?    
Só em Cuiabá, 1..
Cuiabá, Dubai, Franklin, Houston: 4.

62. Do you make friends easily?
Sim, acho que sim.
Aqui, nem tanto.

63. How many people will you be sending this to?  
Ainda não sei....

Todo mundo que chegou até aqui ao fim.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Coisas que eu aprendi

Primeiro que aqui se acha meia-calca na farmacia.
Segundo que meia-calca "nude" no Brasil eh uma cor e aqui eh outra compleeeetamente diferente.

Fiquei parecendo uma mandioca descascada.

#FAIL

sábado, 5 de novembro de 2011

Um dia em Austin

Hoje demos um pulo rápido em Austin TX. Foi a primeira vez que visitei e fiquei surpresa. Aquilo não é Texas. A cidade é linda, com morros e sobe e desce, coisa que Houston não tem. Tem um rio lindo que corta a cidade, pessoas usam smart cars, andam de bicicletas, a cidade é bem limpa e arborizada, com parques e muitas atividades ao ar livre e cheia de gente nova por conta da Universidade do Texas que tem o campus na cidade. Nem parecia que estavamos no Texas.

Mas aí você me pergunta. Se fosse pra sair de Houston e se mudar pra Austin, você iria?

NÃO!

Meu lugar nos EUA é o Texas e meu lugar no Texas é Houston. O marido acha que eu digo isso só por causa da comida daqui que é muito melhor. E eu digo que é verdade. Não me mudo mais pra nenhuma cidade que não tenha uma Chinatown descente. Ele diz que eu deveria então me mudar pra China.

Eu digo que é só me avisar quando eu preciso arrumar as malas.

Mas enfim. Vooooltando ao assunto de Austin, deu tempo de dar uma passadinha rápida pra conhecer o State Capitol que é a sede do governo do Texas. Vale a pena, foi bom conhecer um pouco mais da história deste estado que eu amo. Não nasci no Texas, mas vim pra cá o mais rápido que eu pude.









domingo, 30 de outubro de 2011

Priscila's Day

O dia internacional da Priscila é comemorado todo dia 28 de outubro. Seria o dia de só paparicar a Priscila se eu não tivesse inventado de me casar no mesmo dia. Agora pro resto da vida (Inshallah!) eu vou ter que dividir o MEU dia com o chinês. Vou para sempre ganhar só um presente de aniversário e de aniversário de casamento, vide a viagem pra Vegas, hehehe. Mas enfim. Não é isso que eu quero contar.
Eu queria contar como foi meu aniversário. Como é difícil passar essa data longe da família e como Deus sempre dá um jeitinho de aliviar essa dor nos trazendo amigos. Na verdade não tenho nada pra contar sobre o meu aniversário pois não fiz nada no dia 28 já que estava moída do dia anterior. Pra quem não sabe, Halloween aqui é comemorado no dia 31 de outubro, e as festas começaram já na quinta-feira.

O grupo das meninas brasileiras que conheci aqui organizaram uma festa de halloween dentro de um ônibus. Em plena quinta-feira, todo mundo tendo que trabalhar no dia seguinte... tô nem aí. Só saio de casa se for pra fechar negócio!
 



Minha ressuscitação dos anos 80.




Ainda bem que no dia seguinte era meu aniversário. O pessoal do trabalho foram mais que uns amores, me deram presentes, minha chefe me levou pra almoçar e decoraram minha mesa de trabalho.


O melhor foi um cobertor que é a coisa mais macia do mundo e que eles bordaram meu nome. Tudo porque eu só vivo com frio no trabalho. Ar-condicionado sempre no máximo. O chinês já tá tentando tomar conta do meu cobertor e até Neguinha está tentando se apossar.

No sábado ainda teve mais.





segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Las Vegas

Cheguei ontem de Las Vegas. O chinês fez a surpresa de aparecer com as passagens e os tickets para ir ver o show do Elton John. Sir Elton John. Sonho realizado. Não bebi tudo que eu deveria ter bebido nem festei tudo que eu deveria ter festado. No fim das contas o motivo da ida a Vegas foi o show que o chinês me deu de presente de aniversário adiantado. Mas alguma coisa, acho que o clima festivo da cidade, onde dentro dos casinos é dificil fazer distinção se é dia ou noite, me conquistou. Quero muito voltar mas dessa vez com minhas amigas, festar muito e... o que acontecer em Vegas, vai ficar em Vegas.


O hotel-casino onde ficamos. Muito bom. É bem localizado e sem todo o vuco-vuco dos cassinos mais famosos como o Bellagio e o Ceasar's Palace que recebem muitos visitantes.









Cassino Bellagio


Teto do hall do Bellagio


Caesar's Palace


O hall de entrada do Caesar's Palace




O cassino The Venetian









Ah é! E joguei um pouquinho. Ainda não foi dessa vez que eu fiquei rica. Pelo contrário. Ms. Little Green Men roubou todo o meu dinheiro.

sábado, 15 de outubro de 2011

Pamonha em Houston

Uma das minha melhores amigas aqui em Houston foi criada aqui mas nasceu em El Salvador. E ela sempre me falava sobre um prato salvadorenho que seria o mais típico do país, chamado "pupusas". Ontem nos fomos a casa dela e os pais dela, que sao sempre uns amores comigo, estavam lá também. Eu estava dizendo a eles que a minha amiga sempre prometia me levar pra comer as tao das pupusas mas nunca cumpria.

Pois a mãe dela deu um pulo e disse que ia buscar pupusas naquela mesma hora. Eu disse que não precisava, que podia ser outro dia, mas pra ela era questão de honra. Eu tinha que provar a tal da pupusa. E lá foi ela com o marido comprar pupusas. Ela prometeu que a loja era perto e que não seria nenhum incomodo ir até lá. Ainda tentei pelo menos pagar, mas minha amiga disse que seria uma ofensa.

Quase meia hora depois eles voltam com duas sacolas. Trouxeram pupusas, uma sobremesa feita de banana e uma outra coisa...


PAMONHA!!!!


Gente, achei pamonha em Houston. Bom, pamonha, pamonha... nao é. É na verdade um prato típico de El Salvador chamado Tamal de Elote. A que trouxeram era salgada, com mesma textura de pamonha e mesmo gosto de pamonha. Quase chorei gente, eu adoro pamonha. Cresci comendo pamonha da feira, da avó, das barraquinhas da beira da estrada entre Cuiabá e Rondonópolis. E por coincidência essa semana estava falando sobre pamonha com a @Cantik e a nossa vontade de achar por aqui.

Eu perguntei se existia Tamal de Elote doce e eles disseram que sim, preciso experimentar. Ah e as pupusas que na verdade eram o prato principal estavam ótimas, bem engordativas, do jeito que eu gosto. Destaco a de queijo branco.

Bom, pra quem é de Houston e quer comer pamonha, eu recomendo a panaderia onde eles sempre compram.

La Roca 
Tamaleria, Pupuseria y Panaderia
6407 Bissonnet St,
Houston TX
77074
713.271.1066




View Larger Map

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Deixando de ser uma F.O.B. - Licão 1

F.O.B. = Fresh of the boat

Não sei se vocês sabem, mas aqui nos EUA o conceito de área de servico não existe. Qualquer coisa que você precise lavar é na maquina de lavar. Se for algo mais delicado, aí manda pra lavanderia. Pois então, não existindo área de servico, não existe também uma área pra secar roupas. Vai tudo na secadora.

Quando me mudei pra cá eu tinha pavor da secadora. Eu não a chamava de "dryer machine". Pra mim aquilo era uma "destroyer machine" porque aquilo faz uma calamidade com as suas roupas. Eu colocava todas as minhas roupas em cabides e ia pendurando pela casa pra secar, o que geralmente demorava um dia, por causa do ar-condicionado.

Depois que a gente se muda de vez e comeca a correria do dia-a-dia, larga de ser besta. A não ser que o carinho e apego por certa peca de roupa seja muito grande, taca o f***-se e soca tudo na secadora.


E assim eu aprendi que secadora não tá aí pra ser temida. Tá aí pra ajudar a vida da dona-de-casa moderna.

P.S. Secadoras são uma maravilha da vida moderna, mas infelizmente ainda não conseguiram solucionar o problema das meias perdidas. Mesmo a lavadora estando a centimetros de distancia da secadora, ela acabam se perdendo (ou entrando em um portal para um mundo paralelo, tipo Caverna do Dragão) no processo de transferência de uma pra outra.







terça-feira, 4 de outubro de 2011

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Pic-Nic

(Preciso mesmo dizer? Ainda sem acentos)

Sempre sonhei em fazer pic-nics, parece tao bonito e romantico em filmes. Uma versao glamorizada do nosso frango com farofa! Quando estava no Tennessee tava doida pra fazer um. Mas a verdade eh que nao sabia nem por onde comecar. O marido muito menos. Alguem ja viu familia chinesa fazendo pic-nic? Nao? Nem eu. Pois eh. Entao comecei a pesquisar e alem dos muitos parques em Nashville e redondezas, tinha uma vinicola perto da nossa casa, onde as pessoas iam pra fazer pic-nics e beber vinhos comprados la, bem meu tipo de programa. Quando me senti preparada pra fazer um, vieram as cigarras assassinas e cortaram meu barato. Quando elas foram embora veio o famoso calor umido do Sul dos Eua. Impossivel.

Agora de volta a Houston, com o Outono ja aqui e com ele um tempinho um pouco mais agradavel ja fui a dois pic-nics. O problema quando se eh convidado pra um eh  pensar no que levar. Cozinho bem, sem modestia mesmo, (o chines e os seu 5 quilos a mais desde o casamento estao ai de prova)  mas toda vez que sou chamada pra algo aqui onde eu tenho que levar algum prato eu comeco a ter um ataque. Tem tanta gente fresca por ai e gosto de gringo eh meio estranho. Nunca sei o que vai agradar.

Mas esse ultimo pic-nic que eu fui era brasileiro. E quando a situacao pede, eu lanco mao de uma receita que nunca falha: o fabuloso Bolo de Cenoura.

Tem coisa mais facil que Bolo de Cenoura? Nao tem, nem mais rapida. Quanto a receita, preciso tirar umas copias do livro de receitas da minha mae na proxima vez que for ao Brasil. Mas enquanto isso eu achei esse website aqui que so tem receitas de advinha o que...Bolos de Cenoura.

A minha escolhida foi a com gotas de chocolate.



www.BolodeCenoura.com.br
Ingredientes:
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 2 xícaras (chá) de açucar
  • 4 ovos
  • 2 cenouras em rodelas
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 xícara (chá) de gotas de chocolate
  • Margarina e farinha de trigo para untar
Cobertura:
  • 2 xícaras (chá) de chocolate meio amargo picado
  • 1 lata de creme de leite (200mg)
Modo de Preparo:
No liquidificador, bata o óleo, o açucar, os ovos e as cenouras até formar um creme. Transfira para uma tijela e misture a farinha, o fermento e as gotas de chocolate.
Despeje amassa em uma forma de 25cm x 35cm untada e enfarinhada e leve ao forno médio preaquecido, por 30 minutos.

Cobertura:
Derreta o chocolate em banho maria e misture com o creme de leite. Despeje no bolo e sirva.

Rendimento: 10 porções
Tempo: 50 minutos

Dica minha: Se voce mora em um lugar onde eh dificil achar gotas de chocolate, acho digno "empobrecer" a receita e substituir por chocolate granulado. Todo mundo tem direito de ser feliz, nao eh mesmo?



Podem fazer a receita que alem de muito facil, da muito certo. O unico talento necessario aqui eh saber ler, interpretar texto. Se seu bolo nao der certo, desiste, vai ganhar dinheiro e contratar uma secretaria-do-lar que voce nao tem talento nenhum pra cozinha.

Ah, eh voltemos ao pic-nic:

Uma turma de brasileiras aqui de Houston que conheci recentemente e que sao super.

E foi assim que eu sabotei minha dieta.  

E voce, faz pic-nics? Qual a sua receita campea de audiencia?

domingo, 25 de setembro de 2011

De volta ao tronco


(ainda sem acento)

Gente, andei sumida mas foi por uma boa causa. Uma otima causa! Depois de um ano de ferias, comecei a trabalhar. E por incrivel que pareca, achar um emprego foi mais facil que eu imaginei, principalmente nesse tempo de crise. So Deus mesmo para alinhar as coisas assim.

Quando cheguei aos EUA eu tinha imagino que ficaria sem trabalhar por uns 7 meses, ate meus documentos ficarem prontos e eu poder trabalhar dentro da lei. Mas logo depois que recebi a minha permissao para trabalhar meus planos mudaram, nos mudamos pro Tennessee e eu queria esperar a minha mae me visitar primeiro pra ter tempo livre com ela. Quando finalmente estava sem nenhum impedimento, voltamos pra Houston.

Uma das coisas boas aqui eh que ninguem sai de porta em porta entregando curriculos. Voce entra em sites como Monster.com, CareerBuilder.com e outros, faz um cadastro e comeca a pesquisar ofertas de emprego nos sites e os sites tambem te enviam quando alguem colocar alguma oferta que se encaixa com o que voce ta procurando.

No meu caso eu usei uma estrategia de sempre procurar primeiro por ofertas que requerem alguem que fale portugues. Pouco tempo depois de comecar a procurar eu achei a oferta desse emprego que eu estou hoje. Fui e me inscrevi, logo depois me chamaram pra uma entrevista com um recrutador que decide se envia seu curriculo pra empresa ou nao, depois a pessoa da empresa me ligou pra uma entrevista por telefone onde eles decidem se nao eh perda de tempo te entrevistar pessoalmente. Um dia depois ja fui pra entrevista e no outro dia ja me disseram que eu ganhei a vaga. Essa semana a minha gerente me disse que eles fizeram pelo menos 30 entrevistas por telefone, mais 4 pessoalmente, mas que quando ela me ligou ela sabia que eu seria a pessoa certa.

Eu agora trabalho em uma empresa que faz as reservas para um voo privado entre Houston e Luanda para as empresas de petroleo. To bem feliz pois com zero de experiencia de trabalho nos EUA, eh bem dificil comecar ja com um trabalho de escritorio e a ultima coisa nos meus planos era comecar a trabalhar em um shopping. Meu negocio eh horario comercial, segunda a sexta. Adoro!

O salario nao eh la essas coisas, mas pra quem ta comecando, ta otimo. To super feliz com a oportunidade, em ter uma rotina novamente, me maquiar e me vestir toda manha pra ir trabalhar. Coisas simples que me fizeram muita falta nesse ano que passei parada.

Ah e o dinheiro claro. Por que eu nao trabalho pela satisfacao, pelo glamour. Eu trabalho eh pra ganhar dinheiro e pagar as contas. Se eu quisesse ficar rica eu jogava na loteria.




terça-feira, 30 de agosto de 2011

Denver - Colorado

(Ainda sem acento)

Pra quem nao sabe, nao sou so eu que passei um tempo pelos ares. O chines ja fez escola de pilotos quando era mais jovem e ainda tem a licensa se voo para avioes de pequeno porte. Naquele tempo ele estudou em uma escola de aviacao em Denver, Colorado. Os pais dele nao queriam que ele virasse piloto e nao deram suporte financeiro, por isso ele nao conseguiu terminar os estudos para conseguir uma licensa comercial. Ele deixou Denver e o sonho dele para tras e voltou a Houston, onde ele fez universidade e se diplomou em Financas. Depois disso ele comecou a trabalhar e o sonho ficou pra tras, mas nao a paixao por aviacao. Eh a fascinacao da vida dele.

Quando ele deixou a escola em Denver ele deixou para tras tambem bons amigos. E um deles eh Johnh, que hoje eh um piloto comercial. E foi esse amigo que nos convidou pra virmos a Denver, nos mandou passagem (Buddy Passes) e nos recebeu maravilhosamente em sua casa, onde conhecemos o resto da familia que ele construi aqui em Denver. Da ultima vez que eles se sentaram para um jantar foi na casa dos pais desse amigo, eles eram solteiros e sem muito compromisso, e hoje nos jantamos na casa dele, as duas familias. O tempo passa rapido.

Foram so dois dias, mas eu estou tao feliz com a oportunidade de conhecer essa cidade linda e fugir do calor do cao de Houston. As fotos nao fazem justica a beleza do lugar. Mas aqui estao mesmo assim.


Uma das vistas da sacada da casa


Bronco


Beija-flor que vive no quintal


Chines e as criancas


J.D e Skyler

Garden of Gods em Colorado Springs


Chines e eu


Tentando levantar peso


John, Sandy, J.D. (Skyler estava em aula)

domingo, 28 de agosto de 2011

Kerala nao eh aqui

(Desculpe a falta de acento, ainda estou usando o note do marido)
Esse domingo eu decidi fazer algo de diferente. Eu fui convidada pra ir a um festival indiano que comemora o Onam. Quem me convidou foi a minha melhor amiga aqui em Houston. Ela nao eh indiana, eh latina, mas o marido dela eh e ele eh um dos melhores amigos do meu marido, se conhecem desde High School. Claro que nao ia perder essa oportunidade, furada eh comigo mesmo, nao perco uma!

Segundo a sogra dela me explicou, o Onam eh comemorado todo ano, e eles acreditam que durante esse dia um dos deuses Hindus, que um dia foi o imperador do estado de Kerala, na India, passa em todas as casas pra ver como o povo vive, se estao felizes, pois isso eh o que ele quer. Olha, nao sei se o imperador ficaria muito feliz visitando Kerala hoje em dia, mas ele ficaria muito agraciado se visitasse Sugarland, o bairro alta classe da indianada aqui em Houston. E era la que nos estavamos.

A sogra da minha amiga eh um amor e nos a chamamos de "amooma" que acredito que signifique "avo". Enfim, Amooma se dispos a nos vestir para o festival e nos emprestar os saris que eles usam pra esse festival, feito de coton e com detalhes dourados. Eu ja tava com medo daquela banhinha que sempre sobra no sari, mas quem foi que disse que eu entrei na porcaria da blusa? Por sorte minha amiga tinha uns saris na casa da sogra e eu consegui entrar em um. Entrei, mas apertada. Cade dignidade?

Pulando pra festa, foram quase 2 horas de falacao em malayalam, dancas tradicionais, coral de criancas. Tipo, adoro, nos primeiros 30 minutos, mas quando tudo isso eh la pelas 1:30 da tarde e eu ainda nao almocei, meu tempo fecha. Mas enfim abrem a porta da esperanca pro salao onde serviriam comida. Ah, contei que tinha fila? E contei que tinha um bocado de gente querendo fular fila? Algumas coisas nao mudam, em Kerala, Dubai ou aqui. Mas enfim, vamos falar a verdade. Eu nao passo comida indiana por nada nesse mundo. Adoro de verdade. No entanto ja tinham me avisado. Chegando la a comida ja estava servida em uma imitacao de folha de bananeira  (poque isso aqui nao eh Kerala, isso aqui eh Sugarland). O negocio era pra comer com a mao, sem talheres. Pra quem nunca experimentou, saiba que eh mais dificil do que imagina e que se alguem te falar que a comida eh mais gostosa se comer assim eh mentira. Se a comida for ruim, comer com a mao vai fazer ela ficar ainda pior.

Ai eles passam servindo o resto dos molhos que ajudam voce a criar aquela macaroca, pra dar liga no arroz e ajudar a comer com a mao. Os mollhos passam em uns baldes de plastico. Balde mesmo, que eu prefiro pensar que nunca foi usado pra outro proposito. O chines eh chato pra caramba e arrumou talheres de algum jeito. Eu ja sou do seguinte, que eh um peido pra quem ja esta cagado? Fui com mao e tudo, comida tava deliciosa, me estufei e sai feliz, com o sari ainda mais apertado que nunca.

Esse eh o basico, depois disso passam os baldes cheios de molhos


Chines chato nao sabe brincar e pediu talheres

E se me convidarem ano que vem eu vou novamente! Tem duvida? Nao ja falei que eu gosto eh de furada!



 Agradecimentos a Amooma, que eh um amor de pessoa, nos veste em sari e sempre nos alimenta com boa comida
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...